Polícia Civil prende homem em investigação que apura roubo de gado em fazenda de Francisco Sá

A Polícia Civil prendeu nesta quarta-feira (4) um homem investigado pelo roubo de 21 cabeças de gado de uma fazenda em Francisco Sá (MG). O prejuízo estimado é de R$ 100 mil. Três pessoas já haviam sido presas e uma está foragida.

O homem tem 31 anos, que já tinha passagem por roubo, foi encontrado no município onde o crime ocorreu. O roubo ocorreu em 17 de abril.

“Ele e um comparsa renderam o caseiro e a esposa com uso de armas. Os animais foram levados em um caminhão”, explica o delegado Alberto Tenório.

Diante da dificuldade de se localizar os animais e com o objetivo de minimizar o prejuízo ao proprietário, o delegado pediu o bloqueio de valores em conta bancária e o sequestro de bens dos investigados. Durante os levantamentos, a Polícia Civil apreendeu dois veículos e uma arma.

“Os investigados tinham relação com o tráfico de drogas e roubos de carga em rodovias. Eles viram uma suposta facilidade no furto de gado, mas acabaram presos.”

O homem foi levado ao presídio.

Prisões anteriores

Em 18 de abril, a Polícia Civil prendeu um homem de 25 anos como receptador de um dos celulares levados das vítimas.

Já em 21 de maio, os policiais cumpriram quatro mandados de busca e um de prisão. Dois homens acabaram presos na ocasião, um pela ordem judicial e o outro por posse de arma.

A Polícia Civil informou na época que os presos possuem passagens por tráfico de drogas, roubos e furtos.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*