Presídios e penitenciárias do Norte e Noroeste de MG têm horário de visita estendido

O Governo de MG divulgou nesta quinta-feira (15) que mais 83 presídios e penitenciárias terão autorização para visitações presenciais. Na área de cobertura do  Liberdade , detentos de 26 estabelecimentos poderão receber visitas de até 3 horas de duração. A medida vale a partir do próximo final de semana

Os locais ficam em Araçuaí, Bocaiúva, Buritis, Corinto, Curvelo, Francisco Sá, Itacarambi, Itamarandiba, Janaúba, Januária, Porteirinha, Rio Pardo de Minas, São Francisco, Salinas, São João da Ponte, Manga, Monte Azul, Montes Claros, Pirapora Taiobeiras, Turmalina, Três Marias, Unaí e Várzea da Palma. Veja a lista completa dos estabelecimentos em MG.

Conforme as informações do estado, apenas os estabelecimentos prisionais localizados nos municípios que fazem parte da ‘onda verde’ do Programa Minas Consciente têm autorização para as visitas de até 3 horas..

“A decisão foi tomada seguindo os protocolos do Plano Estadual Minas Consciente, que setoriza as macrorregiões do Estado em ondas (verde, amarela e vermelha), indicando a situação da covid-19 em cada uma delas”, divulgou o governo.

Antes desta quinta, apenas 36 unidades tinham permissão para as visitas em horários estendidos.

Alguns cuidados devem ser tomados:

 

  • Utilização de máscaras
  • Medição da temperatura
  • Impedimento da visita em caso de sintomas gripais
  • O visitante também deve morar em um município da macrorregião de onda verde
  • Permissão de apenas um visitante
  • O intervalo entre as visitas é de 30 dias

 

Regras para a ‘onda amarela’

 

No caso de municípios na fase amarela do Minas Consciente, as visitas estão sendo autorizadas por 20 minutos em unidades prisionais com parlatórios ou locais similares.

Os cuidados que devem ser tomados são os mesmos descritos acima. A diferença é que o visitante pode ser oriundo de municípios que estejam nas ondas amarela ou verde do Minas Consciente.

“As visitas presenciais previstas neste momento de retomada gradual, ainda na pandemia, estão sendo complementadas por visitas virtuais – experiência bem sucedida nos últimos meses e que já soma mais de 45 mil videoconferências em todo o Estado”, afirmou o governo.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*