De virada, América bate Brasil de Pelotas no Independência e assume 2º lugar na Série B

Nem a forte chuva e o fato de sair atrás do placar impediram o América de dar sequência à boa fase no Campeonato Barsileiro Série B. Na tarde desta terça-feira, jogando no Independência, o Coelho bateu, de virada, o Brasil de Pelotas por 3 a 1. Com o resultado, a equipe americana assumiu a segunda colocação, chegou à quarta vitória consecutiva e acumulou sete jogos de invencibilidade na Série B.

Os gols do Coelho foram marcados por Léo Passos e Ademir, que fez dois. O Xavante descontou com Bruno José.

1º tempo

América e Brasil protagonizaram um primeiro tempo muito movimentado na Arena Independência. Ainda que o Coelho tenha dominado as ações da partida, além de sair na frente do placar, a equipe gaúcha produziu ataques perigosos, com direito a um chute na trave logo depois de abrir 1 a 0. Antes do gol, porém, foi o Coelho quem produziu as primeiras chances claras da partida.

Aos 11 minutos, Ademir partiu em velocidade pela direita, invadiu a área e chutou em cima do goleiro Rafael, quase marcando o primeiro tento. Sete minutos depois, o Coelho pediu a marcação de pênalti. Felipe Azevedo foi tocado por Leandro Camilo por trás, dentro da grande área, mas nada foi marcado. Depois de domínio inicial e chances criadas pelo América, o Brasil de Pelotas surpreendeu e abriu o placar. Aos 28 minutos, em contra-ataque da equipe Gaúcha, Bruno recebeu na direita e, da entrada da grande área, finalizou forte, fazendo a bola resvalar na trave esquerda de Cavichioli e morrer no fundo das redes. Apenas três minutos depois de abrir o placar, Gabriel Poveda acertou a trave depois de receber cruzamento dentro da grande área e por pouco não marcou o segundo gol dos gaúchos.

O América, no entanto, não demorou para reagir ao gol sofrido e o susto com a bola na trave. Aos 34 minutos, a árbitra Charly viu toque de mão do defensor do Brasil dentro da grande área e marcou pênalti. Depois de quatro minutos de muita reclamação dos jogadores do Xavante e uma indefinição sobre a marcação no penal, aos 37 minutos, Léo Passos partiu para a bola, bateu forte, no alto do canto direito e empatou o confronto.

Nove minutos depois do gol de empate, o América chegou à virada. Aos 46, Ademir, que movimentou-se muito na primeira etapa, recebeu de fora da área, pela direita, e, num chute de canhota colocado, com muita categoria, encobriu o goleiro gaúcho para fazer 2 a 1 e dar justiça ao placar.

2º tempo

Embora tenham produzido menos chances claras de gol, América e Brasil continuaram a fazer jogo equilibrado na segunda etapa. Aos 17 minutos, Bruno José finalizou rasteiro, e abola passou bem perto trave direita do goleiro Matheus Cavichioli. Um minuto depois, Diego Ferreira respondeu pelo lado americano, cruzando fechado e obrigando o goleiro Rafael Martins a dar um tapinha para trás. A bola ainda bateu no travessão e, na sobra, o ataque americano não aproveitou o rebote par aumentar o placar.

A partir da metade da segunda etapa, o América se estruturou para administrar o placar e diminuiu o ritmo de ataque. A estratégia atraiu o Brasil de Pelotas para seu campo ofensivo, que produziu contra-ataques com muita velocidade. Apesar de conceder faltas perigosas no fim para o Xavante, o Coelho se portou bem na defesa e impediu o gol de empate da equipe gaúcha. A seguridade da equipe americana no fim foi premiada com o gol do alívio. Aos 49 minutos, depois de disputa no meio campo, Ademir roubou a bola, avançou pela direita, aproveitou falha da defesa e, com direito a drible no goleiro, limpou a marcação para fechar o placar do confronto: 3 a 1.

Sequência

O próximo compromisso do Coelho também é válido pelo Brasileirão Série B. O América também segue em Belo Horizonte para, neste sábado (24), na Arena Independência, receber o Confiança, pela 18ª rodada da competição.

América 3 x 1 Brasil de Pelotas

América: Matheus Cavichioli; Diego Ferreira, Messias, Anderson e Sávio (Sabino); Zé Ricardo (Flávio), Juninho e Geovane (João Paulo); Ademir, Felipe Azevedo (Marcelo Toscano) e Léo Passos (Felipe Augusto). Técnico: Lisca

Brasil de Pelotas: Rafael Martins; Rodrigo Ferreira, Leandro Camilo, Héverton e Bruno Santos; Sousa, Pablo (Ananias) e Matheus Oliveira (Thalles); Bruno José (Jarro), Dellatorre (Danilo Gomes) e Gabriel Poveda (Luiz Henrique). Técnico: Hemerson Maria

Motivo: 17ª rodada do Campeonato Brasileiro – Série B
Data: 20 de outubro de 2020, terça-feira, às 16h30
Local: Arena Independência, em Belo Horizonte (MG)

Gols: Léo Passos (37/1ºT), Ademir (46/1ºT e 49/2ºT) (América); Bruno José (28/1ºT) (Brasil de Pelotas)

Cartão Amarelo: Sabino (América)

Árbitro: Charly Wendy Straub Deretti (SC)
Auxiliares: Éder Alexandre e Eli Alves (SC) e Ronei Cândido Alves (MG)

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*