Família pede ajuda para encontrar operador que teve surto e sumiu em mata de João Monlevade

Uma família de João Monlevade, na região Central de Minas, vive o drama do desaparecimento do operador de cambagem Félix Pereira Júnior, de 29 anos. Ele está desaparecido desde sábado em uma mata próximo à empresa ArcelorMittal.

Félix é funcionário de uma firma terceirizada que presta serviços para a Arcelor. A irmã dele, Poliana Pereira, afirma que ele teria tido um surto psicótico durante o trabalho.

“Ele se deslocou de lá e foi encontrado, ninguém sabe como, no bairro Pedreira. Tinha muitas pessoas lá e ele nu andando pela rua afora. Ele viu uma vizinha, ela segurou na mão dele, conversou com ele, mas não teve jeito. Ele estava bem perturbado, falando coisas sem noção. A população tentou segura-lo, ele se machucou, entrou pela mata e não foi mais visto”, diz Poliana, que ressalta que a empresa e a população estão ajudando.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*