Motorista com sinais de embriaguez é preso após atropelar e matar idosa

Um motorista com sinais de embriaguez foi preso após atropelar e matar uma idosa, de 60 anos, em São João do Paraíso, no Norte de Minas. Segundo a Polícia Militar, o homem também não possuía carteira de habilitação.

Ainda de acordo com a PM, a vítima transitiva a pé pela Rua Floresta sentido Centro quando foi atingida pelo veículo. Carmina Viana chegou a ser socorrida por terceiros e morreu após dar entrada no hospital da cidade. Ela sofreu traumatismo crânio encefálico.

Ao ser questionado pelos policiais, o motorista, de 35 anos, confessou ter ingerido três doses de cachaça e disse que não se lembrava de ter dirigido o veículo e nem ter provocado o acidente.

A PM informou que ele apresentava sinais visíveis de embriaguez e foi conduzido à delegacia. O carro estava com documentação irregular e foi apreendido.

De acordo com a Polícia Civil, o homem foi autuado em flagrante e levado para o presídio. O G1 não conseguiu falar com a defesa do motorista. Se algum advogado se manifestar, esta reportagem poderá ser atualizada.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*