Gripe: Com o índice de vacinação abaixo de 50% em 54 municípios do Norte de MG, Superintendência de Saúde faz alerta às prefeituras

Vacinação drive thru na Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ), zona norte do Rio. A cidade do Rio de Janeiro retoma hoje (25) sua campanha de aplicação da primeira dose da vacina contra a covid-19 em idosos da população em geral. Hoje serão vacinados os idosos com 82 anos.

Com o índice de vacinação contra gripe abaixo de 50% em todos os 54 municípios que integram sua área de abrangência, a Superintendência Regional (SRS) de Montes Claros fez um alerta às prefeituras para que intensifiquem a campanha de imunização. A meta do Governo Federal é proteger 90% das pessoas que fazem parte do público-alvo.

Dados divulgados pela SRS, com base do Painel do Ministério da Saúde, mostram que Vargem Grande do Rio Pardo é o município com o maior número de vacinados na área da superintendência, veja nos dados abaixo:

  1. Vargem Grande do Rio Pardo – 48,9%
  2. Olhos D´Água- 45%
  3. Guaraciama – 41%
  4. Lagoa dos Patos, Nova Porteirinha, Pai Pedro, Cristália e Gameleiras – 30%
  5. Demais municípios (46 no total) – abaixo de 29%

 

“A vacinação contra a gripe é importante porque permite prevenir o surgimento de complicações decorrentes da doença, óbitos e, consequentemente, evitará o aumento de atendimentos da população nos serviços de saúde. Além disso, a vacinação contra a gripe reduz os sintomas que podem ser confundidos com os da Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus”, coordenadora de vigilância em saúde da SRS de Montes Claros, Agna Soares da Silva Menezes.

Gripe e Covid

 

A orientação é que as pessoas que façam parte dos públicos-alvo das imunizações contra a Covid-19 e contra a gripe tomem primeiro a vacina contra o coronavírus. O intervalo entre as doses que combatem as duas doenças deve ser de 14 dias no mínimo.

Sobre a campanha da gripe

 

A campanha de vacinação contra a gripe começou no dia 9 de abril e está prevista para terminar em 9 de julho. A imunização foi divida em três etapas, veja o cronograma:

  • 1ª etapa – 12 de abril a 10 de maio: Público-alvo formado por crianças de seis meses a 6 anos incompletos (5 anos, 11 meses e 29 dias), gestantes, puérperas, indígenas e trabalhadores da saúde
  • 2ª etapa – 11 de maio a 8 de junho: Público-alvo formado por professores e pessoas acima de 60 anos
  • 3ª etapa – 9 de junho a 9 de julho: Público-alvo formado por pessoas com comorbidades, trabalhadores do transporte coletivo, motoristas, pessoas que trabalham no sistema prisional, privados de liberdade, forças de segurança e salvamento e adolescentes em cumprimento de medidas socioeducativas

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*