Centrão prepara fusão para formar ‘partidão’ e apoiar o governo Bolsonaro, diz blog

BRASILIA, BRAZIL - OCTOBER 14: Jair Bolsonaro, President of Brazil, speaks during the launching of Programa Genomas Brazil amidst the coronavirus (COVID-19) pandemic at the Planalto Palace on Octuber 14, 2020 in Brasilia. Brazil has over 5.140,000 confirmed positive cases of Coronavirus and has over 151,747 deaths. (Photo by Andressa Anholete/Getty Images)

Os partidos PP, PSL e PRB podem se fundirem e formarem uma única sigla. Todos os três são participantes do “Centrão”. O objetivo seria fortalecer o presidente Jair Bolsonaro no Congresso e também nas eleições de 2022. A possível fusão foi revelada nesta quinta-feira pelo blog do jornalista Gerson Camarotti, da Rede Globo.

De acordo com Camarotti, a organização do “partidão” está sendo feita pelo ministro-chefe da Casa Civil, Ciro Nogueira, que é presidente licenciado do PP. Caso seja concretizado, o novo partido contaria com o maior número de deputados na atual conjuntura do Congresso. No acordo, estaria estabelecido que o presidente Bolsonaro não se filiaria ao novo partido.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*